Tremor nas pálpebras: como tratar?

Tremor nas Pálpebras

Tremor nas pálpebras: como tratar?

 Quem nunca sentiu aquele involuntário tremor nas pálpebras? Muitas pessoas passam por esse problema e sempre ouvimos muitas reclamações como esta. Entenda o que isso significa e como o sintoma pode ser aliviado.

 

BLE – FA -ROS – PASMO (trava-línguas: não tente 3 vezes 😉) 

Blefarospasmo, esta palavrinha engraçada de se pronunciar “ble-fa-ros-pasmo”, ou seja, tremor involuntário, que ocorre nos músculos ao redor dos olhos. Este nome também se aplica a outros temores que podem ocorrer na região do rosto, como a boca, por exemplo. Se diferencia do Espasmo Hemifacial, que é um distúrbio do sistema nervoso que causa a contração de um lado do rosto de forma involuntária.

Há diversos níveis desse tremor, que pode durar dias e ter intervalos pequenos, afetando diretamente a rotina dos que o possuem. Casos mais graves necessitam de um tratamento junto a um neuro-oftalmologista, que fará injeções de botox na região, amenizando e paralisando os músculos.

Qual é a causa do tremor nas pálpebras?

A maior causa deste tremor involuntário está ligada ao estresse. Sim, isso mesmo! (Então senta aí respira funnnnnndo!). É um sinal, demonstrando que algo está errado não somente no seu corpo, mas na sua vida. A ansiedade, depressão, noites mal dormidas ou problemas pessoais podem ser grandes causadoras.

Além do estresse, alguns hábitos também causam os tremores, como a fadiga da vista por passar muito tempo em frente a tela do computador, ingestão excessiva de cafeína ou álcool e uso de óculos com grau errado para o seu tratamento. Outras causas fisiológicas também podem causá-los, como a falta de potássio e outras vitaminas no organismo.

Entretanto, especialistas alertam também que outras doenças podem ser causadoras desses espasmos, como a Síndrome do Olho Seco (que não deve ser confundido com “olhos secos”, condição que ocorre por conta de condições climáticas), mal de Parkinson e Síndrome de Tourette. Essas duas últimas, de origem neurológica, provocam tiques, reações rápidas e movimentos repentinos.

 

⏩ Veja também nosso post  sobre os alimentos que turbinam a sua visão e “olhos secos” ⏪

Como faço para evitar os tremores?

A recomendação expressa é procurar um oftalmologista para uma análise situacional do paciente, fazer exames de vista que possam indicar alguma doença ocular e então diagnosticar os fatores que estão sendo os reais causadores do espasmo.

Para casos em que o estresse é apontado como fator, além de observar a rotina no trabalho, casa e relacionamentos, também tentar ao máximo evitar tarefas e ocasiões que causem extremo cansaço e irritabilidade. Alguns casos se faz necessário acompanhamento psicológico.

Para um alívio mais imediato dos tipos mais leves de tremores, as dicas são de compressas de chá de camomila para aliviar a tensão dos músculos oculares ou gelo para anestesiá-los. Ressalta que apenas um médico pode fazer a avaliação correta das causas de espasmos nos olhos.

Caso você tenha ocorrência de tremores nos olhos, não exite em procurar ajuda o quanto antes! A equipe da Clínica de Olhos Fernandes está pronta para te ajudar. Marque sua consulta clicando aqui ou ligue para (21) 2527-6661.

 

Abraços da Equipe da Clínica de Olhos Fernandes

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *