Hipermetropia: a Dificuldade de Enxergar de Perto

Hipermetropia

Hipermetropia e a dificuldade de enxergar de perto

Enxergar textos em placas distantes é mais fácil que ler uma revista? Pode ser um sinal de Hipermetropia. Entenda essa irregularidade de refração ocular.

O que é Hipermetropia?

Quando enxergamos algo, a imagem capturada é formada na retina. Em caso de Hipermetropia, esta imagem se forma atrás da retina devido ao tamanho ocular ser menor que o normal. Assim, o indivíduo hipermetrope enxerga de forma mais clara objetos distantes do seu campo visual.

Com a aproximação progressiva dos objetos, a visão torna-se cada vez mais embaçada, visto que aumenta a incidência dos raios luminosos no olho e vão se formando cada vez mais atrás da retina.

É verdade que ocorre mais em crianças?

Sim. Em geral, elas ainda não possuem o tamanho definitivo do olho, necessitando de maior esforço para a acomodação visual. Também é comum que crianças necessitem usar óculos para auxiliar nos tratamentos da Hipermetropia, mas quando adolescentes já não precisam mais utilizar.

Porém, a Hipermetropia pode ocorrer em outras fases da vida, sobretudo por conta do excesso de esforço com a vista. Pessoas após aos 40 anos de idade também tendem a desenvolvê-la mais, pois naturalmente tem a acomodação da visão diminuída.

Quais os tipos de Hipermetropia?

Pode ser classificada de duas maneiras:

Hipermetropia Refrativa:

Hipermetropia Axial:

  • O globo ocular menor. É mais comum nas crianças porque seus olhos normalmente são menores, mas na maioria dos casos, se normaliza quando adolescentes;

Como posso saber se tenho Hipermetropia?

Os sintomas mais comuns são:

  •  Visão desfocada, sobretudo para objetos próximos;

  • Dores de cabeça, por forçar constantemente a musculatura ocular. A maioria das pessoas se queixam do aumento das dores no fim da tarde;

  • Fadiga ocular  e dificuldade de concentração, ainda mais quando as tarefas exigem boa visão de perto.

E o Tratamento?

Como a hipermetropia representa uma irregularidade na refração ocular devido ao tamanho do olho ser menor que o normal, o tratamento é feito com uso de lentes convergentes ou convexas, que terão a função de lançar os raios luminosos para a retina, que é onde a imagem deve se formar.

Há também o tratamento para correção através da cirurgia refrativa, mas só é recomendada para indivíduos a partir dos 21 anos.

Apresentando qualquer um dos sintomas acima, não hesite em nos procurar. Nossa equipe é especializada em correções refrativas e também em outros procedimentos. Dúvidas? Ligue para (21) 2527-6661 ou clique aqui para agendar sua consulta. A Clínica de Olhos Fernandes terá um grande prazer em te auxiliar.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *